Em que consistia a mita?

Em que consistia a mita?

A mita era uma instituição de origem inca, utilizada por essa civilização quando da formação de seu império, antes da chegada dos europeus. Consistia na exploração das comunidades dominadas, utilizando uma parte de seus homens no trabalho nas minas.

Como os indígenas eram tratados pelos jesuítas?

Nos aldeamentos jesuíticos os índios eram educados para viver como cristãos. Essa educação significava uma imposição forçada de outra cultura, a cristã. Os jesuítas valiam-se de aspectos da cultura nativa, especialmente a língua, para se fazerem compreender e se aproximarem mais dos indígens.

Quais eram os objetivos dos jesuítas?

O principal objetivo era catequizar os índios. A catequização, no entanto, tinha efeitos colaterais que não interessavam aos conquistadores portugueses. Para que adotasse a fé cristã, a população indígena tinha de ser instruída e ganhava conhecimentos de leitura e escrita.

Quem praticava a mita?

A mita foi largamente aplicada nas minas e nas propriedades mais importantes, especialmente no Peru e na região conhecida como Alto Peru. Enquanto este sistema era administrado pelos incas, os trabalhadores se reuniam para realizar trabalhos em comunidade – edificação de pontes, canais, entre outros.

LER:   Onde mora Christopher Von Uckermann?

O que foi a mita e onde foi praticada?

A mita (termo que provém da palavra que em quéchua significa turno) foi um sistema de trabalho existente na região conquistada pelo Império Espanhol na América do Sul, tendo sido aplicada na América Andina especialmente na região do Cerro Rico de Potosí (montanha rica de Potosí, em português atual Bolívia).

O que os jesuítas faziam para diminuir a resistência dos indígenas?

Os jesuítas defendiam a catequese como objetivo principal da colonização no Novo Mundo e como a única forma de civilizar os índios, esses, por sua vez, teriam a semente divina que se desenvolveria somente por meio da catequização. costumes, que eram contrários à religião cristã.

O que foram os aldeamentos e Descimentos?

Os índios aprisionados em combate seriam cativos perpétuos, enquanto que os “resgatados” obteriam a liberdade após dez anos. Uma outra forma de captura eram os “descimentos”, ou seja, expedições nas quais os índios, tidos pelos religiosos como “bravos”, eram conduzidos para serem aldeados.

LER:   O que e shamisen em japones?

O que era a mita de que maneira os espanhóis a utilizaram para seus propósitos colonizadores?

A mita era uma instituição de origem inca, utilizada por essa civilização, portanto, antes da chegada dos europeus. E consistia na exploração das comunidades dominadas, utilizando uma parte de seus homens no trabalho nas minas. Os homens eram sorteados, e em geral trabalhavam quatro meses, recebendo um pagamento.

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo