O que e performance como linguagem da arte?

O que é performance como linguagem da arte?

A performance na arte é um tipo de segmento artístico que mistura elementos diferentes de arte. Ou seja, pode acontecer por meio de diversos diálogos, combinando dança, teatro, artes visuais e música. Nesse contexto, as abordagens podem ser diversificadas.

O que é performance Cohen?

Em “Performance como Linguagem”, Renato Cohen, pesquisador e performer, investiga as especificidades desta nova linguagem e, num confronto com a cena do teatro, analisa as soluções que o espetáculo performático dá aos problemas da criação, encenação e atuação.

O que é linguagem e performance?

A performance é uma modalidade artística híbrida, isto é, que pode mesclar diversas linguagens como teatro, música e artes visuais. Está relacionada também ao happening e, muitas vezes, os termos são descritos como sendo a mesma coisa.

Qual a diferença entre o happening e a performance?

O happening (ou acontecimento) diferencia-se da performance pela fundamental participação do público, o que gera um caráter de imprevisibilidade. No que se refere à performance, ela é mais cuidadosamente elaborada e pode ou não ter a participação dos espectadores.

LER:   Qual a taxa considerada normal para quem tem diabetes tipo 1?

Onde pode nascer uma performance?

A história da performance como arte corporal está ligada a todo um conjunto de práticas contestadoras, produzidas principalmente no início do século XX na Europa e também nos Estados Unidos do pós-guerra e que ficaram conhecidas como as vanguardas artísticas históricas.

Qual a intenção da performance?

A performance como movimento artístico e autônomo ganha força durante os anos 1970. Na prática performática o artista utiliza seu corpo como suporte, atitude política contra o objeto-produto de arte instituído e precificado.

Em que a linguagem da performance se fundamenta?

A performance deve ser compreendida a partir dos desenvolvimentos da arte pop, do minimalismo e da arte conceitual, que tomam a cena artística nas décadas de 1960 e 1970. A arte contemporânea, põe em cheque os enquadramentos sociais e artísticos do modernismo, abrindo-se a experiências culturais díspares.

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo