Por que a analogia nao e aplicavel?

Por que a analogia não é aplicável?

A analogia tem como base o principio da igualdade jurídica, e também afirma que deve haver a mesma solução para o mesma infração ou razão da lei. Em alguns casos, a analogia não é aplicável, como no direito penal (a não ser no caso in bonam partem); na fiança; em leis fiscais; em negócios jurídicos (e na renúncia).

Qual a origem do termo “analogía”?

O termo tem origem na palavra grega “analogía” que significa “proporção”. Pode ser feita uma analogia, por exemplo, entre cabeça e corpo e entre capitão e soldados. Cabeça (cérebro) e capitão são duas entidades análogas. Possuem função semelhante que, neste caso, é comandar, dar ordens.

Quais são as estruturas análogas?

Estruturas análogas são aquelas que desempenham a mesma função mas possuem diferente origem embriológica, por exemplo, a asa de uma ave e a asa de um inseto (voar é função semelhante).

LER:   Quem e o maior recordista do futebol?

Qual é a analogia na gramática?

Na Gramática, a analogia é um fenômeno responsável pela criação de uma nova forma linguística, consiste na razão da formação de algumas palavras. Em Biologia, analogia e homologia são termos relacionados com a evolução das espécies.

Como a analogia pode ser utilizada na redação?

Porém, a analogia também pode ser utilizada na redação como um recurso de retórica dentro do discurso, ou seja, é uma forma de convencer o leitor por meio de uma comparação entre elementos distintos, mas que possuem paridades . “A a nalogia é um raciocínio baseado em semelhanças entre coisas e fatos distintos.

Por que a analogia existe?

A analogia existe para dar harmonia e coerência ao Ordenamento Jurídico, pois utilizando a norma numa situação semelhante ao que ela descreve, o Ordenamento Jurídico apresentará dentro dele mesmo, a solução para o caso concreto, não sendo necessário recorrer a soluções alheias à Ordem Jurídica.

Como é definida a analogia?

A analogia pode ser definida como a utilização de uma norma “X”, que apresente pontos de semelhança para a solução de um caso concreto, que, a princípio, não encontre no Ordenamento Jurídico regras específicas.

Qual o fundamento da analogia?

O fundamento da aplicação da analogia é o princípio da igualdade, segundo o qual, mutatis mutantis, a lei deve tratar igualmente os iguais, na exata medida de sua desigualdade. O mencionado princípio, exige que os casos semelhantes devam ser regulados por normas semelhantes.

LER:   O que acontece na novela um lugar ao sol?

Qual o papel da analogia na resolução de problemas?

A analogia tem um papel muito significativo na resolução de problemas, tomada de decisão, percepção, memória, criatividade, emoção, explicação e comunicação, geralmente por meio de tarefas básicas, como identificação de lugares, objetos e pessoas, por exemplo.

Quais são as analogias no direito?

Existem analogias no Direito, na Filosofia, na Linguística e até nas Ciências Biológicas. O que elas têm em comum é a ideia básica de aproximação e semelhança. Veja algumas! Quando surge um caso não previsto na lei, a saída é recorrer à norma jurídica disciplinadora de casos semelhantes, ou seja, análogos.

Qual a origem da palavra analogia?

Análoga é uma derivação feminina da palavra analogia, que significa a relação de semelhança entre objetos ou coisas diferentes. Usamos esta derivação para dizer que alguma coisa é análoga a outra.

Quais são as analogias na literatura?

De ampla aplicação na literatura, as analogias estabelecem-se entre textos, personagens, estilos, ideias, conceitos, autores, etc. Por esta capacidade de instaurar um princípio de identidadeentre coisas que, genericamente, são desiguais, a analogia aproxima-se de figuras como a alegoria, a comparação, a metáforae o símile.

LER:   Porque os arabes se vestem assim?

Qual a analogia na língua portuguesa?

Língua Portuguesa Redação julho 5, 2017. Análoga é uma derivação feminina da palavra analogia, que significa a relação de semelhança entre objetos ou coisas diferentes. Usamos esta derivação para dizer que alguma coisa é análoga a outra. A analogia é um processo da cognição humana em que um sentido ou significado é transferido a outra coisa ou

Por que a analogia é fundamentada?

A analogia é fundamentada no Artigo 3º do Código de Processo Penal; Artigo 108, inciso I, do Código Tributário Nacional; Artigo 140 do Código de Processo Civil; Artigo 4º da Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro; e Artigo 8º da Consolidação das Leis do Trabalho.

Qual o conceito de analogia no direito?

Conceito, no Direito – Dicionário Direito A Analogia é um termo que pode ser definido como o estabelecimento de uma semelhança entre dois ou mais objetos de discussão. Na esfera do Direito, caracteriza-se pela inserção ou integração, em um hiato jurídico, da legislação utilizada em um caso parecido.

Comece a digitar sua pesquisa acima e pressione Enter para pesquisar. Pressione ESC para cancelar.

De volta ao topo